Dying Light: Dicas para sobreviver nesse jogo de zumbi

Dying Light: Dicas para sobreviver nesse jogo de zumbi

Dying Light é o jogo de zumbi mais jogado do momento, por sua mecânica pesado e sua historia rica, o jogo acabou se popularizando muito rápido e por isso preparamos algumas dicas para você mandar bem nesse game de zumbi da Techland.

Dying Light foi lançado em janeiro de 2015 e está disponível para PS4, Xbox One e PC. O jogo de sobrevivência é situado em um mundo infestado de zumbis e humanos que querem sobreviver. Se você ainda não jogou, não espere mais, jogue! Vamos as dicas?

Morrer pode custar caro

Sabemos que é difícil ficar vivo na desolada cidade de Harran, mas, caso você esteja à beira da morte, não pense duas vezes em fugir para a construção mais próxima. Toda vez que Crane (o protagonista da trama) morre, alguns pontos de experiência são descontados de seu medidor de sobrevivência.

Pode até parecer besteira perder uma pequena quantidade de pontos, já que você será capaz de reconquistá-los. No entanto, quanto mais rápido você desbloquear as habilidades da árvore de sobrevivência, maiores serão as chances de conseguir itens melhores e, consequentemente, de evoluir outras aptidões com mais facilidade. Resumindo: nunca tente bancar o herói em meio a uma horda imensurável de zumbis.

Não tenha medo do escuro

Dica dos próprios sobreviventes de Harran: quando a noite cair, corra para um local seguro para manter-se vivo. Mas, esqueça essa besteira dita por NPCs. Uma das melhores maneiras de melhorar as habilidade do personagem de forma rápida é se aventurar no período noturno. Afinal, os pontos de agilidade e força conquistados à noite serão dobrados, como uma espécie de bônus temporário de XP.

Dying Light: Dicas para sobreviver nesse jogo de zumbi

Para sobreviver ao longo da noite, utilize flashlights para atrasar Voláteis e fogos de artifício para distraí-los. Procure evitar contato direto com as descerebradas criaturas, visto que elas certamente estarão mais agressivas que o normal. O jeito é atuar sorrateiro, como se o game fosse do gênero stealth.

Equilibre as habilidades

Em Dying Light, o sistema de upgrades funciona da seguinte forma: quanto mais você pratica determinada especialidade, mais rápido ela evolui. No início da aventura, é comum fugir dos inimigos infectados, posto que o protagonista possui armas fraquíssimas e habilidades de força desprezíveis.

Na verdade, fugir no começo da jornada é um erro. Se o jogador só foge dos inimigos, ele vai melhorar apenas os pontos de agilidade, o que irá desequilibrar completamente a árvore de habilidades. Sendo assim, procure manter todas as aptidões proporcionalmente niveladas. Crie coragem para encarar alguns zumbis com um mísera pá, por exemplo, mesmo que você tenha que matar um ou dois zumbis e sair correndo.

Dying Light: Dicas para sobreviver nesse jogo de zumbi

Vasculhe tudo ao seu redor 

Lootear é uma obrigação em Dying Light. Por isso, vasculhe de forma minuciosa cada centímetro das inúmeras construções do game. O jogador pode encontrar itens, recursos e suprimentos por todos os cantos, como em cabines telefônicas, veículos, baús, cestos de lixo e, é claro, corpos despedaçados.

Ao buscar todos os recursos no próprio ambiente do jogo, você não terá que gastar dinheiro comprando itens essenciais, como medkits e lockpicks, já que eles poderão ser criados manualmente. Lembre-se de que os cenários também escondem objetos colecionáveis, anotações que explicam acontecimentos de Harran etc. Vale a pena se dedicar ao looting.

Dying Light: Dicas para sobreviver nesse jogo de zumbi

Como de praxe, mire na cabeça

Dying Light não é diferente da maioria dos jogos e filmes de zumbis. Nele, o jogador também deve acertar a cabeça (o típico ponto fraco) da aberração infectada para finalizá-la completamente. Portanto, seja com uma pá, um pé de cabra ou uma espada, certifique-se de desferir um golpe diretamente no crânio do infectado. Dessa forma, a arma ainda será poupada, já que você não terá que gastá-la com investidas desnecessárias.

Armadilhas são legais

Os ambientes do título estão repletos de armadilhas mortais, capazes de exterminar hordas de inimigos de uma só vez. O jogador pode atrair os mortos-vivos para objetos revestidos por espinhos ou ainda eletrocutá-los em arapucas estrategicamente posicionadas. Há diversas formas de aniquilar os zumbis sem a necessidade de instrumentos de extermínio. Sendo assim, poupe o seu limitado arsenal de equipamentos e utilize armadilhas para causar carnificinas.

Dying Light: Dicas para sobreviver nesse jogo de zumbi

Faça o armamento durar mais

Em Harran, as armas possuem diferentes limites de reparo. Isso significa que certas armas podem ser reparadas mais de três vezes, enquanto outras podem ser restauradas apenas uma vez. Por esse motivo, conserte o armamento apenas quando ele quebrar completamente (o jogo vai alertá-lo automaticamente quando um item estiver quebrado). É possível verificar o status do item no canto inferior direito da tela.

Complete as missões secundárias

As sidequests são importantíssimas para a evolução de Crane. Afinal, elas concedem bastante experiência e fazem com que o personagem fique mais bem preparado para encarar os desafios da campanha principal.

Use a cabeça para fazer combinações

Craftar é uma necessidade em Dying Light. Em vista disso, o jogador precisa coletar certos recursos indispensáveis para criar armamentos melhores. Procure realizar combinações usando armas realmente valiosas, com alta taxa de dano e, é claro, maior durabilidade. Nunca desperdice acessórios com armas medíocres, descartáveis e que pouco irão ajudá-lo no decorrer da jogatina.

Fonte: Techtudo

Amante de jogos digitais e estudante de Marketing, criei esse site para compartilhar toda a minha experiencia em games com as novas gerações.